Andréa Moraes

Andréa Moraes_1982_Jornalismo-compactada

Eu queria fazer Letras, mas meu pai dizia que como professora eu iria morrer de fome. Então, como eu gostava de escrever, decidi fazer Jornalismo. As coisas em casa não melhoraram. Meu pai torceu o nariz porque ele mesmo fora jornalista, enfrentou invasão de redação por militares e mais tarde, a censura.

Além disso, dizia que eu não tinha vocação para a coisa porque eu era muito tímida e chorona. A decisão final veio mesmo quando eu conheci um politécnico que me disse que na ECA só tinha gente maluca. Daí conclui que eu estava no rumo certo. Cansada de ser certinha. Nunca me arrependi pela minha escolha.

 

Ex-aluno Turma Curso
Andréa Moraes 1982 Jornalismo

Compartilhe
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.