Jasmin Tenucci e seu premiado curta Céu de Agosto

Cena de Céu de Agosto
Cena de Céu de Agosto com a atriz Badu Morais

O curta-metragem Céu de Agosto foi muito celebrado no ano passado em diversos festivais nacionais e internacionais de cinema e promete continuar brilhando em 2022, além de se transformar em longa. O filme é dirigido pela cineasta e roteirista Jasmin Tenucci, formada pelo Curso Superior do Audiovisual da ECA em 2011.

Entre os vários prêmios de 2021, Céu de Agosto recebeu menção especial na seleção oficial do Festival de Cannes. Também foi incluído na reta final da lista de filmes pré-selecionados de um dos maiores eventos mundiais de curtas-metragens, o Short Shorts Film Festival & Asia, que será realizado em Tóquio, no Japão, em junho de 2022.

Jasmin Tenucci
A cineasta e roteirista Jasmin Tenucci

Céu de Agosto conta a história de uma enfermeira grávida que lida com a ansiedade causada pelos efeitos da poluição das queimadas enquanto se vê atraída por uma fiel de uma igreja neopentecostal e por sua comunidade. A ideia do filme surgiu quando o céu da cidade de São Paulo escureceu e foi tomado pela fumaça vinda de queimadas da Região Amazônica em agosto de 2019.

O curta é uma coprodução Brasil-Islândia e foi filmado um mês antes da pandemia.

Jasmin Tenucci já roteirizou, dirigiu e produziu filmes no Brasil, na Islândia, no Paquistão e nos EUA. Em 2019, coproduziu e foi diretora associada do curta Darling, que ganhou o prêmio de Melhor Curta no Festival Internacional de Cinema de Veneza. Em 2021 dirigiu quatro episódios da série brasileira Shop Tudo. Anteriormente, foi roteirista de inúmeras séries de TV como As Five (Globo, 2020), Vida de Estagiário, Que Monstro Te Mordeu?, Oswaldo e Historietas Assombradas.

Atualmente está trabalhando em dois longas – Céu de Agosto, baseado no seu curta premiado, e The Smallest Whale in the World – e numa série para a Netflix que estreia em julho 2022.

Prêmios recebidos por Céu de Agosto

  • Menção Especial na seleção oficial do 74º Festival de Cannes (2021)
  • Menção Honrosa de Roteiro no 1º Svaneti Film Festival (2021)
  • Melhor Direção da Competição Nacional no 31º CurtaCinema – Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro (2021)
  • Melhor Filme, Direção e Atriz (Badu Morais) no 15º Festival For Rainbow (2021)
  • Melhor Direção e Atriz (Badu Morais) no 10º Festival Cinema com Farinha (2021)
  • Melhor Produção Nacional do VII Fecea – Festival de Cinema Escolar de Alvorada-RS (2021)
Compartilhe
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.