Outdoor no gramadão da ECA

Confira um dos primeiros outdoors “veiculados” no gramadão da ECA em 1984. A Aids era um dos principais assuntos mundiais, pois o vírus da doença, o HIV-1, acabara de ser identificado
Confira um dos primeiros outdoors “veiculados” no gramadão da ECA em 1984. A Aids era um dos principais assuntos mundiais, pois o vírus da doença, o HIV-1, acabara de ser identificado (Foto: Renata Golombek)
Outdoor da campanha de 2021 que defendeu a concessão do título póstumo de doutor “honoris causa” da USP ao abolicionista Luiz Gama (Foto: Regina Thompson)

Desde o início da década de 1980, quando o outdoor se popularizou como mídia urbana (out of home), o Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo (CRP) da ECA instalou uma estrutura no gramadão idêntica aos megacartazes espalhados pela cidade.

Os alunos de Publicidade e Propaganda apresentam, desde então, ideias durante o curso de Criação Publicitária e fazem uma votação interna. A ideia mais votada é produzida e colada. Em geral, essa ideia permanece em exibição por um semestre.

Hoje, os outdoors são proibidos na cidade de São Paulo. Segundo a Lei Cidade Limpa, que regulamentou a publicidade na paisagem urbana, só são permitidos cartazes promocionais em relógios e em pontos de ônibus. Mas, o outdoor da ECA, por ser considerado material didático, continua lá e os alunos ainda podem usufruir dele como aprendizado e para exibir mensagens de prestação de serviço.

Compartilhe
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 × quatro =